Hi, what are you looking for?

São Paulo

USP investirá mais de R$ 90 milhões em projetos de aprimoramento da graduação





Programa financiará ações de integração curricular, de curricularização de atividades extensionistas e de internacionalização



Facilidades e desafios do uso das novas tecnologias na graduação serão abordados no minicurso da Cátedra Alfredo Bosi de Educação Básica

A Pró-Reitoria de Graduação (PRG) vai investir R$ 90,6 milhões no Programa de Apoio ao Aprimoramento do Ensino de Graduação da USP. A liberação dos recursos para o programa foi aprovada por unanimidade pelo Conselho Universitário, na sessão extraordinária realizada no dia 25 de junho.

O programa financiará ações desenvolvidas por 36 Unidades de Ensino e Pesquisa voltadas à integração curricular, à incorporação de metodologias ativas e de tecnologias digitais de informação e comunicação no processo ensino-aprendizagem, à curricularização de atividades extensionistas e à internacionalização.

O pró-reitor de Graduação da Universidade, Aluísio Segurado, explica que esse programa é resultado de um trabalho que começou em 2022, com a definição de indicadores de desempenho dos cursos de graduação. Em abril de 2023, foi realizada uma sessão temática do Conselho Universitário sobre a graduação para a apresentação desses indicadores.

Em seguida, em visitas às unidades, foram apresentados os relatórios individualizados. A partir daí, as escolas, institutos e faculdades tiveram a oportunidade de elaborar e encaminhar os planos de trabalho à Pró-Reitoria, com apresentação das medidas necessárias para aprimorar os cursos de graduação e solicitação de recursos para sua implementação.

“Trata-se de um plano de cocriação que envolveu as unidades e os colegiados em todos os níveis relacionados à graduação. Identificamos que havia um espaço para aprimoramento e as ações propostas, relacionados à melhoria da infraestrutura, representam mudanças substantivas no estado da arte da graduação. Hoje, a USP oferece mais de 150 cursos de graduação de ingresso no vestibular”, destaca Segurado.

“As escolas, institutos e faculdades da USP valorizam a graduação, querem modificá-la. É uma injeção de ânimo que poderá melhorar ainda mais esta área. Com esse investimento, poderemos dar um grande salto. As pessoas que formamos são nossos embaixadores na sociedade. As universidades, de forma geral, têm sido criticadas pela formação dos alunos e essa é nossa resposta a essa demanda”, considera o reitor.

Os recursos deverão ser liberados a partir do mês de agosto. As seis Unidades de Ensino e Pesquisa (do total de 42 existentes na USP), cujos planos de trabalho encaminhados não incluíram a precificação das ações necessárias, poderão fazê-lo e apresentar novos projetos para avaliação da PRG.

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap

source
Com informações do Governo de São Paulo

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

You May Also Like

Uncategorized

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Uncategorized

At vero eos et accusamus et iusto odio dignissimos ducimus qui blanditiis praesentium voluptatum deleniti atque corrupti quos dolores.

Uncategorized

Neque porro quisquam est, qui dolorem ipsum quia dolor sit amet, consectetur, adipisci velit, sed quia non numquam eius modi tempora incidunt.

Uncategorized

Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error sit voluptatem accusantium doloremque laudantium, totam rem aperiam, eaque ipsa quae.